desenhos / piu piu piu / segredos de mãe / sugestões

mala de maternidade – os (outros) essenciais

À primeira todos caem, à segunda só cai quem quer.

Eis a outra lista, tão ou mais essencial do que a das roupinhas e fraldas:

mala maternidade blog

1. tampões dos ouvidos – as hipóteses de termos de partilhar o quarto com outras mães (que ressonam) e bebés (chorões) são grandes. Nada como uns tampões dos ouvidos para conseguirmos dormir na maternidade.

2. máscara para dormir – as parturientes dão entrada a todas as (des)horas. A combinação máscara+tampões dos ouvidos é perfeita para conseguirmos descansar durante a estada na maternidade. Eu consegui e estava num quarto de 4 (ou 8 com os bebés)!

3. conchas de amamentaçãoESSENCIAIS desde o 1º dia. Amamentar dói nos primeiros dias e até cerca de 2 ou 3 semanas. Qualquer contacto do mamilo com outras superfícies dói, por isso nada como este ‘donut’ de silicone para o manter sem fissuras nem dores.

4. elástico do cabelo para o pulso – ou uma pulseira, ou um anel. Serve apenas para nos recordarmos qual a última mama que demos ao bebé.

5. manta de algodão de dimensões médias – para podermos enrolar o bebé (swaddle). Há quem ache estranho, mas é uma técnica ancestral de acalmar bebés, que afinal de contas estavam habituados a estar apertados e de repente se sentem perdidos (e amedrontados) com tanto espaço. Quem quiser tem uma versão mais sofisticada (e cara).

6. soutien de amamentação para dormir – ou seja, mais largueirão e confortável, sem aros

7. caixa de pó bronzeador – ou o sol numa caixa. Depois de um parto estamos tudo menos apresentáveis para aparecer nas inevitáveis fotos! Uma corzinha ( máscara nas pestanas e cor nos lábios) na cara não faz mal a ninguém e nós vamos agradecer não parecer tão esbodegadas.

Ah, uma boa alternativa aos discos de amamentação descartáveis são os de algodão, mais ecológicos e secam em menos de nada.

E tu, lembras-te de mais algum essencial?

2 thoughts on “mala de maternidade – os (outros) essenciais

  1. pela parte que me toca diria: “no primeiro leva-se tudo, no segundo o que houver”!!
    (claro que isto vem de quem já vai a contar com o room service de um hospital privado…)

    • No primeiro lemos tudo, no segundo confiamos no que nos lembramos; no primeiro ensaiamos as respirações, no 2º já nem ligamos porque sabemos que não servem de nada ;) e a quantidade de fotos? Vais ver diferença!
      Que tudo corra pelo melhor!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s